Calendário compatível facilita estudo na Austrália

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
As vantagens de cursar o colegial na Austrália vão muito além do calendário escolar ser igual ao do Brasil. O aluno pode escolher a cidade onde quer ficar, se prefere ensino público ou privado - a qualidade é a mesma - e se deseja uma escola mista.

Estas características são destacadas pela empresa CI International Visitors (www.ci.com.br/), que promove intercâmbio estudantil, de trabalho e estágios. De acordo com ela, "mais do que a natureza preservada, a Austrália encanta por sua cultura hospitaleira, pela gentileza com os estudantes de todas as partes do mundo e pelo interesse na troca cultural".

Nesses programas,  o jovem se hospeda numa casa de uma família, que conta com ajuda de custos para as despesas. Na hora de estudar, as diferenças ficam por conta da orientação religiosa e da separação por sexo nas escolas particulare

A experiência de frequentar as aulas numa escola australiana pode ser programada para durar três, seis ou 12 meses. Os dois últimos períodos são convalidados para o sistema de ensino brasileiro, situação que não ocorre com o intercâmbio de três meses. Os demais têm início semelhante ao dos períodos letivos brasileiros, começando em janeiro/fevereiro e julho.
   
São pré-requisitos para que o jovem participe desses planos ter idade entre 14 e 19 anos; estar cursando o ensino médio com bom aproveitamento escolar; possuir nível de conhecimento intermediário de inglês, verificado através de teste aplicado pela empresa CI, que considera fundamentais, também que o estudante apresente maturidade e flexibilidade. Isso, além de "estar apto a enfrentar novas situações e a conviver com diferenças culturais e sociais".

Teste BANNER DIR OVERRIDE

Estatísticas

Artigos lidos
306992

Newsletter

Encontre-nos

 

Copyright © 2019 Porta do Futuro.Desenvolvido por ABCMIX Joomla Site Designer